terça-feira, 9 de março de 2010

GUIA VEL MAX F1/2010: BMW Sauber - Ferrari

Team Sauber F1: "Você SAUBER com quem está falando???"

_

feringel@yahoo.com.br: e a Sauber? Como definiria? A BMW ainda vai ser um trunfo para a equipe?

[c=12]Pedro Ivo: Não sei pq pelo que soube, a Sauber não tem mais vínculo nenhum com a BMW. Mesmo assim acredito que eles vão ficar andar melhor que a BMW no ano passado.”

_

_

__Concordo com o Pedro, afinal, “você Sauber com quem está falando?” (ehehhe). Quando estreou na F1, em 93, a Sauber era praticamente a Mercedes. Com muito dinheiro injetado pela montadora alemã, ao invés de prateado ou cinza, o carro era totalmente preto. O dinheiro era tanto que eles não tinham patrocinador... e andaram muito bem!

_

A ligação era tão forte que, dos três pilotos descobertos pela Mercedes e apontados como futuros campeões, dois passaram pela equipe: Karl Wendlinger no ano de estréia (93 a 95) e Heinz Harald Frentzen (94 a 96). Só faltou Michael Schumacher, o que foi um caso de desencontro pois, se a equipe já estivesse na F1 em 91, certamente seria por ela que Michael teria estreado.

Após o fim da parceria a equipe fez o que pôde em uma péssima fase dos Cosworth e voltou a ter algum brilho correndo com motores Ferrari.

_

Curioso notar como a escuderia do Seu Peter Sauber sempre esteve ligada a grandes nomes do esporte: Mercedes, Ford Cosworth, Ferrari, BMW e agora novamente a equipe começa a temporada de mãos dadas com a escuderia italiana.

_

Garanto que não sou o único que fica satisfeito em ver novamente o simpático Peter “careca” Sauber na F1.

Curioso como uma equipe que começou como a cara da Mercedes na F1, tenha conquistado o devido respeito ao seu profissionalismo com a BMW. Coisas da vida.

_

"Você Sauber do que está falando?" Quando o assunto é automobilismo Top, o Tio Peter "Sauber" está careca de saber, kkkk. Aliás, está careca de saber, kkkkk.

_

22 - PEDRO DE LA ROSA (Espanha)

_

Quem é?

Devido ao relacionamento de longa data com a Ferrari, se Luca Badoer tivesse andado minimamente bem em sua chance na Vermelha, o italiano teria sido um forte candidato para ser um dos pilotos da Sauber, mas... por essas e outras o lugar se manteve vago no grid para um tipo de Luca Badoer espanhol: Pedro De La Rosa.

_

Além de eterno piloto da Prodrive (equipe que todo ano quase estréia), sua boa reputação foi bem arranhada em algumas poucas corridas pela Jaguar, embora tenha marcado um ponto logo na estréia pela equipe.

Em função disso, amargou alguns anos na geladeira (piloto de testes) e ressurgiu em 2005 substituindo Montoya na Mclaren, onde inclusive conquistou um segundo lugar após uma bela briga com Michael Schumacher.

_

Antes que se comece a cornetá-lo, vale lembrar que este é o cara que conseguiu se destacar a bordo da modesta (e super style) Arrows Orange. Até a ida de Fernando Alonso ara a Renault, DE LA ROSA FOI DE LONGE O MELHOR ESPANHOL NA F1.

_

Vale o quanto pesa?

Para a Sauber vale sim. Para falar a verdade Pedro é um daqueles pilotos que ninguém tem como fazer uma análise profunda sobre suas capacidades. Pq? Porque ele nunca correu uma temporada inteira em uma equipe tão bem estruturada como a Sauber.

O que dá para afirmar com certeza é que De La Rosa é experiente e no mínimo tão veloz quanto os outros pilotos “normais” da F1. Digamos que “dá para confiar desconfiando” já que o espanhol fez o seu papel na McLaren, único carro decente que pilotou.

Vai ajudar muito a equipe nessa fase de transição: Pedro vai arrumar a casa enquanto Kobayashi será o caçador.

_

_

23 - KAMUI KOBAYACHI (Japão)

_

Quem é?

Este é “o” queridinho do momento. Será Kobayachi o melhor japonês da F1? No final desta temporada já saberemos a resposta, mas com certeza Kamui é o japa que fez, disparado, a melhor estréia na categoria.

Seria o Koba, um Vettel remix?

_

Vale o quanto pesa?

Tio Peter Sauber é mesmo uma raposa. O cara que revelou Frentzen, Raikkonen e Felipe Massa além de “ressuscitar" as carreiras de gente como Salo, Wendlinger, Lehto.. (entre outros), deu uma tremenda tacada ao contratar o veloz japonês, que além de tudo ainda traz o patrocínio da Panassonic.

_

O C29 é a evolução do F1.09 da BMW, chassis que se tornou bastante competitivo no decorrer da temporada passada. Esse papo de “se o carro funcionar...” é para os piloto medianos. Gênio se vira com o que tem, e não é por nada, mas ano passado Kobayashi estreou em um mal momento da Toyota... e chegou botando tempo no Glock e no Trulli.

_

Se estivéssemos em um hipódromo, te aconselharia a apostar pouco dinheiro nele. De repente este azarão pode te deixar rico!

_

_

Um abraço,

Fernando Ringel

feringel@yahoo.com.br

Um comentário: