sábado, 7 de novembro de 2009

Combinação Perfeita:

__Em 1995 os "amigos do peito e irmão camaradas", Franck Arciero e Carls Wells, resolveram tornar a amizade em equipe de Fórmula Indy. De saída "contrataram o dinheiro" do japonês Hiro Matsushita (ahuahuahuah), filho do dono da Panassonic.
_
Para a tempoarada 96, a dupla conseguiu o patrocínio da MCI e, apesar dos resultados pouco animadores (muito em função dos motores Toyota, na época, fraquíssimos e pouco confiáveis), nasceu uma das pinturas mais marcantes da última fase da CART.
Naquela temporada, com mais dinheiro, a equipe passou a ter dois carros. O primeiro para o ex-F1 Max Papis e outro para... Jeff Krosnof, vítima fatal de um dos acidente digno de filme de terror.

Como diria Geraldo Vandré, "pra dizer que não falei das flores", as coisas foram melhorando pouco a pouco, através dos pontinhos que o "Mad" Max Papis conquistava regularmente.
_
Quando o italiano foi contratado para substituir Bobby Rahal, na Rahal (que coisa, hein???), a Arciero tinha outro nome: PPI Motorsport, e foi nela que Cristiano da Matta estreou na Indy, exatamente no mesmo ano em que o veterano Scott Pruet se despedia da categoria.
Assim como o Pruett, desde o início desta década, PPI Motorsport corre na Nascar.
_
_

Um abraço,
Fernando Ringel
feringel@yahoo.com.br

2 comentários:

Raphael Serafim disse...

lol

montagem fico massa ^^

. disse...

Grande Kung Lao (HUAHUAH,

"tenqui iú". Semana que vem, tem EMmo Fittipaldi na Arciero.


obrigado pelos acessos e comentários,
um abraço,
Fernando Ringel
feringel@yahoo.com.br