domingo, 15 de novembro de 2009

A EVOLUÇÃO DA ESPÉCIE: amarelo, verde e... vermelho???

__É isso mesmo, nessa EVOLUÇÃO, o piloto do meio é o irlandês Eddie Irvine! Ele era tão fã de Ayrton Senna que usou um capacete praticamente idêntico ao do brasileiro, desde sua estréia no automobilismo internacional, na F3 em 1983 , passando por F 3000 internacional (onde a foto acima foi tirada, em 1989), F 3000 Japonesa até que Eddie finalmente estreou na F1, no GP do Japão de 1993. Em uma ocasião mais que especial, e também para evitar ser confundido com Senna, Irvine manteve o mesmo desenho do capacete de Ayrton, apenas mudando o verde, amerelo e azul por vermelho e verde, cores da bandeira irlandesa.
_
Através do dinheiro ganho na F 3000 Japonesa, Eddie conseguiu pagar para correr, na também irlandesa Jordan Grand Prix, as últimas duas corridas de 1993. "Enjoado" de tanto correr em Suzuka, Irvine fez de tudo um pouco na corrida. Brigou de igual para igual com Damon Hill (de Williams "do outro mundo e tudo) e quando era retardatário, reultrapassou o lider, e ídolo, Ayrton Senna. O irlandês acabou sendo novamente ultrapassado por Senna, mas ficou ali, "fungando no cangote" do piloto brasileiro até a bandeirada final.
_
Senna venceu e Irvine estreou com um impressionante sexto lugar, marcando junto com o companheiro Rubens Barrichello, os primeiros pontos da Jordan naquele ano. Este foi o melhor resultado da equipe em toda a temporada!
_
Depois da corrida, Senna foi tirar satisfações com Irvine, que feliz da vida (e provavelmente meio "caneado"), provocou o brasileiro... e acabou levando um soco no olho!
_
Em termos de marketing, quer estréia melhor que essa? Correndo praticamente em casa, duelou durante boa parte da corrida com os figurões da temporada, incluindo o herói nacional Ayrton Senna, marca pontos e, (em função do soco) ainda é notícia nos meios de comunicação que não cobriam a F1?
_
Mesmo que não tenha sido um marketing totalmente positivo, talvez nem David Ogilvy ou Whashington Olivetto conseguiriam atrair mais atenção da mídia para um piloto praticamente desconhecido. Mesmo após um desempenho apagado na Austrália, última corrida do ano, Eddie foi contratado pela Jordan para toda a temporada 94!
_
Sempre muito rápido, especialmente nos treinos, o estilo extremamente agressivo, que lhe valeu atá suspensão pelo excesso de acidentes, demontrou o quanto muito além de gostar do capacete, havia uma identificação do Irvine com a maneira como Ayrton Senna pilotava.

No anos seguintes, o piloto irlandês seguiu na F1, cada vez mais calmo, usando seu capacete vermelho e verde até 1999 quando, após ser vice campeão e de saída da Ferrari, assinou com a Jaguar. Em homenagem à equipe, passou a usar um capacate preto, com um tigre pintado no topo e nas laterais... mas essa história a gente conta em um outro post, sempre aqui no VEL MAX!
_
_
Um abraço,
Fernando Ringel
feringel@yahoo.com.br

5 comentários:

Ruud disse...

o rubinho terminou em 1uinto nesse gp suzuka de 1993
irvine terminou em sexto

. disse...

Olá Ruud,

"Rapaiz", muito obrigado pelo toque. Já corrigi o texto.


Obrigado pelos comentários e acessos, um abraço,
Fernando Ringel
feringel@yahoo.com.br

Alan Roberto disse...

E ai Fernando beleza...

então cara...

pela imagem, e a nacionalidade do Irvine, o capacete é LARANJA, Verde e Branco, e não Vermelho, Verde e Branco

dá uma olhada na Bandeira da Irlanda...

http://pt.wikipedia.org/wiki/Bandeira_da_Rep%C3%BAblica_da_Irlanda

Deus te abençoe

. disse...

Fala Alan,

sabe, pode ser ilusão diótica em função dos anos de Eddie na Ferrari, mas acho que o capacate do Irvine é, hum, para não sair briga, um "vermelho alaranjado", kkkk.


Obrigado pelos acessos e comentários,
um abraço,
Fernando Ringel
feringel@yahoo.com.br

Lucas disse...

o capacete do irvine nao é vermelho, é laranja


foi so na ferrari que virou vermelho