sábado, 15 de março de 2008

Carros estranhos, feios, confusos (parte 1)

Inaugurando essa série de posts, alguns carros feios, estranhos, inovadores e coisas do tipo.


Começando:


1º)René Arnoux testando uma Ferrari em 1984 com um "calombo" na asa dianteira. O carro seria usado nas corridas da América (Canadá e Estados Unidos), e a principal função seria a pressão aerodinâmica e o desvio do fluxo de ar, muito importantes nas quentes e lentas pistas da América.















2º) Primeiro protótipo do March 711, que foi usado pela equipe na temporada de 1971 e que levou Ronnie Peterson ao vice-campeonato. Assim como o carro definitivo, também era muito feio. Esse March da foto era tão ruim que só foi usado em um teste, em Paul Ricard. Voltou para as pranchetas na hora.












3º) Testes pré-temporada de 1978, a Mclaren testa o M27, com uma asa traseira semelhante a usada 5 anos depois pela Tyrrell, no 012. Patrick Tambay guia o carro.




4º) Emerson Fittipaldi testou nos treinos livres do GP da Bélgica de 1974 essa curiosa asa traseira na Mclaren M23. Não passou desse teste.

Depois vem mais fotos.
Rodrigo Klango

Um comentário:

Speeder_76 disse...

De facto, os anos 70 e os inicio dos anos 80 foi uma era de liberdade total em termos de aerodinamismo e tudo o mais. Por vezes tinhamos projectos geniais, outras vezes meras... excêntricidades. Valeu!


Já agora, passem pelas minhas bandas. Inaugurei uma rubrica nova: Blog de Imprensa. Acho que vão gostar!